Associação Comercial do Distrito de Aveiro

um mês depois | OPINIÃO

Faz agora um mês que o estado português começou a tomar as primeiras medidas de restrição e apoio no seguimento desta pandemia que assola o nosso planeta.
Infelizmente para as nossas empresas só chegaram as medidas de restrição, quanto às de apoio pouco ou nada aconteceu.
São as empresas que geram a riqueza dum país, são estas que dinamizam a sua economia e são estas e os seus donos (nomeadamente os gerentes) que estão a sofrer, neste momento sem apoios, esta crise sem precedentes.
É muito preocupante esta enorme dualidade de critérios e esta forma de pensar por parte da nossa classe política, é muito estranho porque não somos todos tratados de uma forma igualitária. Somos todos portugueses, ou será que não?

Deixe um comentário

Copy link
Powered by Social Snap