Associação Comercial do Distrito de Aveiro

Nova etiqueta energética (setembro 2021)

No início de Março, através da circular 18/2020, a CCP informou que a União Europeia, com o objectivo de tornar mais clara a informação disponível na etiqueta energética, reviu e optimizou a etiqueta de acordo com as necessidades do consumidor, sendo o regresso à escala de A a G a diferença mais significativa.
São vários os produtos que terão a nova etiqueta energética em 2021.
Nova etiqueta em exibição a partir de 1 de março de 2021: aparelhos de refrigeração, máquinas de lavar loiça, máquinas de lavar roupa e de lavar e secar roupa, TV’s e ecrãs electrónico
Nova etiqueta em exibição a partir de 1 de setembro de 2021: fontes de luz
Apesar de faltar algum tempo, para salvaguardar a distribuição atempada da nova etiqueta energética, alguns fornecedores estão já a incluir na embalagem dos seus produtos a nova etiqueta, em adição à etiqueta actual.

Por este motivo, é natural que retalhistas e consumidores possam encontrar duas etiquetas dentro da embalagem do novo produto. Estas etiquetas diferem em formato e grafismo, mas também nas metodologias de cálculo das classes energéticas dos produtos, sendo as metodologias da nova etiqueta mais exigentes. Como tal, as classes energéticas apresentadas numa e noutra etiqueta são diferentes, sendo expectável que a nova etiqueta energética apresente uma classe de eficiência inferior.
Visando preparar as empresas e informar o consumidor desta situação, a ADENE e os parceiros do projecto BELT, elaboraram um folheto que se anexa, sugerindo-se que o mesmo seja disponibilizado às empresas para que as mesmas o possam disponibilizar aos consumidores que adquiram electrodomésticos de uma das quatro categorias em fase de reescalonamento (frigoríficos, TVs e monitores, máquinas de lavar roupa e máquinas de lavar roupa).
O folheto está também disponível no site www.novaetiquetaenergetica.pt para download.

Deixe um comentário

Copy link
Powered by Social Snap